Esclarecimentos para apresentação de protocolos à Comissão de Pesquisa do DTG/CAISM

1.     Todos os projetos de pesquisa científica ou relatos de casos em que os sujeitos serão pacientes, membros do corpo clínico, funcionários de quaisquer categorias, alunos estagiando no Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) ou animais, equipamentos e/ou infraestrutura do CAISM, deverão ser submetidos à aprovação pela Comissão de Pesquisa do DTG/CAISM/UNICAMP. Os projetos deverão seguir o Protocolo de Conteúdos mínimos para elaboração de um projeto de pesquisa preconizado pela referida Comissão. 

2.    Pesquisadores externos interessados em desenvolver pesquisa na instituição, e que não estejam vinculados ao seu Programa de Pós-Graduação, o projeto deverá ter como responsável um docente ou pesquisador do DTG/CAISM ou alguém indicado pela Comissão.

3. Os projetos/ relatos de casos encaminhados para a Comissão de Pesquisa deverão ter a aprovação da Área ou Divisão onde serão coletados os dados.

4.   Antes que qualquer pesquisa possa ser iniciada no âmbito do DTG/CAISM o protocolo precisa ser avaliado e aprovado pela sua Comissão de Pesquisa e pelo Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) da FCM/Unicamp.

5.      Para ser avaliado pela Comissão, o pesquisador deverá enviar o projeto em PDF junto com o (checklist para apresentação de projetos e a folha de assinaturas escaneada)  para o e-mail dtgpesq@fcm.unicamp.br  (incluindo orçamento e no caso de aquisição de equipamentos de informática a aprovação do Serviço de Informática do CAISM).

6.   As reuniões da Comissão de Pesquisa acontecem duas vezes ao mês, às terças-feiras.

7.    São analisados no máximo quatro projetos por reunião. Para ser avaliado, o protocolo deve ser encaminhado à Secretaria da Comissão com pelo menos oito dias úteis de antecedência da data da reunião.

8.   Após a avaliação pela Comissão de Pesquisa, a Secretária comunicará o parecer ao pesquisador responsável, por escrito. Se houver necessidade de correções, essas deverão ser feitas e o projeto reapresentado, em uma única via, sem as assinaturas, no prazo máximo de 30 (trinta) dias contados da data da emissão do parecer, para nova apreciação dos relatores. Expirado o prazo, o protocolo deverá dar entrada como um novo projeto.

9.  Após a aprovação final do projeto o pesquisador receberá orientações para o encaminhamento do projeto ao Comitê de Ética em Pesquisa da FCM.

 

Lembre-se que:

1.  Os investigadores que forem adquirir equipamento de informática e softwares deverão consultar o Serviço de Informática do CAISM (com a Sra. Marilda, Ramal 19514) para garantir que as especificações e qualidade dos mesmos estejam de acordo com a padronização adotada pelo CAISM a partir de 2005.

2.   Os orçamentos deverão ser apresentados junto com o projeto de pesquisa não sendo mais necessária a avaliação do serviço do finança do CAISM.

3.  A folha de Rosto emitida pelo SISNEP deverá ser emitida somente após a aprovação do protocolo pela Comissão de Pesquisa, tendo em vista sua validade.

4.   Os projetos aprovados após aprovação da Comissão de Pesquisa - DTG/CAISM deverão ser cadastrados na Plataforma Brasil.

5.    Deverá ser entregue uma via da folha de rosto, emitida na Plataforma Brasil, para a Comissão de Pesquisa - DTG/CAISM.

6.    A autorização para Coleta de Dados será elaborada pela Comissão de Pesquisa, que providenciará a assinatura do Diretor do CAISM.

 

ANEXAR CHECKLIST RELATO CASO