Aníbal Vercesi recebe título de doutor Honoris Causa da Faculdade de Medicina do Uruguai

Enviado por Edimilson Montalti em qua, 31/10/2018 - 11:00

O médico e professor do Departamento de Patologia Clínica da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, Anibal Eugênio Vercesi recebeu, no dia 24 de outubro, em Montevideu, o título de doutor Honoris Causa. O título foi concedido pela Faculdade de Medicina do Uruguai. De acordo com Fernando Tomasina, diretor da Faculdade de Medicina da Universidade da República do Uruguai, o título foi outorgado à Vercesi considerando sua reconhecida carreira, os méritos e sua valiosa contribuição acadêmica.

“Vercesi fez contribuições notáveis ​​ na área de bioquímica e metabolismo mitocondrial. Além disso, contribuiu continuamente para o desenvolvimento conhecimento acadêmico e científico da bioquímica e das ciências biomédicas na região de Mercosul e, em particular, um apoio permanente há mais de duas décadas ao nosso Departamento de Bioquímica de nossa faculdade”, disse Adriana Cassina, professora da Faculdade de Medicina do Uruguai.

Vercesi também recebeu, recentemente, a Ordem Nacional do Mérito Científico. A entrega da insígnia e do diploma aconteceu em outubro, em Brasília. O médico da FCM ainda recebeu, em 2018, o Prêmio Inventores pela patente Disposição construtiva introduzida em recipiente para procedimento radiográfico manual em câmara escura portátil e em 2016 o prêmio Rheinboldt-Hauptmann, concedido pelo Instituto de Química (IQ) da USP.

Anibal Eugênio Vercesi graduou-se em 1972 em Medicina na Unicamp. Em 1974, obteve o título de doutor em bioquímica, também na Unicamp. No exterior, Aníbal realizou estágios de pós-doutorado na Universidade Johns Hopkins (JHU, na sigla em inglês), Estados Unidos, em dois períodos, entre 1976 e 1977 e entre 1979 e 1980. Sua área de pesquisa compreende os temas: metabolismo, bioenergética mitocondrial, homeostase de íons, estresse oxidativo em protozoários, fungos, plantas e mamíferos.

Leia também:

Professores da Unicamp são contemplados com a Ordem do Mérito Científico