Qualificações e Defesas - Detalhes

Uso de Substancias Psicoativas em Contexto Festivo Universitário

Candidato(a): Pedro Henrique Piras Coser
Orientador(a): Karina Diniz Oliveira



Apresentação de Defesa
Curso: Mestrado Profissional em Ciência Aplicada à Qualificação Médica
Local: Integralmente a distância http://meet.google.com/cny-jthf-jmb
Data: 25/01/2021 - 10:00 hrs
Banca avaliadora
Titulares
Karina Diniz Oliveira - Presidente
Renata Cruz Soares De Azevedo
Alessandra Elena Diehl Branco dos Reis - UNIFESP
Suplentes
Amilton Dos Santos Junior
Gerson Alves Pereira Júnior - Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Resumo


Introdução: O uso de Substâncias Psicoativas (SPA) tem importante dimensão social e cultural. Há um padrão de consumo elevado entre os jovens universitários, sendo o contexto festivo o de principal uso. As SPA ilícitas mais prevalentes nessa população são a maconha, o 3,4-methylenodioximethamphetamine (MDMA), a Dietilamida do Ácido Lisérgico (LSD), a cocaína e os estimulantes anfetamínicos. Essas SPA, apesar de relativamente baixo potencial de dependência, estão associadas com grande numero de agravos a saúde relacionados a intoxicação aguda, além de serem sujeitas a adulteração Além disso, são normalmente sintetizadas em laboratórios clandestinos, o que aumenta a chance de contaminação com outras SPA, além de aumentar sua disponibilidade. Objetivo: Realizar análise qualitativa das SPA utilizadas por jovens universitários em contexto festivo e relacionar com dados referidos em questionário sobre o uso. Métodos: Foi realizada análise toxicológica de fluido oral, o qual foi coletado em festas universitárias no período de Agosto de 2018 a Julho de 2019, por abordagem ativa, com um questionário breve. Uma estimativa de 5 dos participantes da festa ou o mínimo de 10 amostras foi coletado. As amostras foram analisadas por cromatografia líquida e comparada com material de referência adquirido pelas empresas Cerilliant® (Round Rock, TX, EUA) e Cayman Chemical® (Ann Arbor, MI, EUA) e os instrumentos para a coleta de fluido oral, Quantisal® da Immnunalysis® (Pomona, CA, EUA). Também foi criada cartilha abordando SPA mais frequentes e estratégias de redução de danos (RD), cuja aceitação foi testada por meio de questionário on-line.Resultados: Foram coletadas 210 amostras, em 10 festas de público universitário, no estado de São Paulo. A média de idade foi de 22,6 anos e a amostra foi composta majoritariamente por homens (54,5 ), heterossexuais (35,5 ). A SPA mais utilizada foi o MDMA, seguida pela Maconha, os quais foram também os mais encontrados na análise toxicológica. Os contaminantes mais relevantes foram as Catinonas Sintéticas, com 20 amostras encontradas em amostras de MDMA, e as Feniletilaminas, com 6 amostras, sendo 4 destas, substitutas em amostras de LSD. A cartilha obteve alta taxa de aceitação e de absorção das informações. Discussão: Segundo estes resultados, é possível obter uma ideia das características da população e quais SPA tem sido mais utilizadas em contexto festivo universitário no Brasil. É possível notar, também, uma relativamente alta taxa de contaminantes nestas SPA, além de baixo conhecimento por parte dos usuários acerca das SPA utilizadas. Isso pode levar a sérios agravos à saúde. Também foi encontrada uma alta taxa de aceitação da cartilha, além de uma atitude positiva acerca das informações de RD disponibilizados. É possível concluir que essa população se beneficiaria de estratégias de RD acerca dos tipos de SPA mais utilizados nesse contexto.