Biologia Molecular E Cartilagem

A estrutura física do Labimoca ficou pronta no final de 2006 e entrou em operação um ano após com a chegada do mobiliário (verba Faepex) e dos primeiros equipamentos obtidos por meio de projetos financiados pelo CNPq e pela FAPESP, com suplementação do FAEPEX. Por lá. A primeira tese concluída foi a do aluno André Luis l. de Andrade, mestrado que avaliou influência de inibidor de Cox-2 sobre expressão do Hif-1 alfa sobre a expressão dos genes de condrócitos articulares provenientes de pacientes com osteoartrite. Ainda nesta linha a aluna Angélica Sartori Cintra realizou seu doutorado, avaliando a função do Hif-1 alfa na expressão de diferentes genes próprios da cartilagem articular normal e com osteoartrite. Paralelamente a aluna de IC Daniele Argolo fez seu trabalho analisando a regulação do Hif por citocinas sobre a expressão de colágeno II. Na linha de condrogênese a partir de células-tronco avaliou-se o periósteo, o sangue de cordão umbilical e o líquido amniótico como fonte primária para as CTMS. Daí resultaram a tese de doutorado da aluna Cristiane Sampaio de Mara e mestrado da Mariana F. Bombini, trabalho de IC de Juliana Pires, já concluídas; de mestrado da Carolina C.Z. Bertami e IC de Amanda Mendes Cruzera, em andamento. Os trabalhos concluídos resultaram em publicações em revistas de Seletiva Política Editorial. Atualmente temos três projetos em andamento, dois financiados pelo CNPq e um pela FAPESP. Já tivemos por lá o treinamento de cinco estagiários de cursos de biologia e biomédicas, todos já colocados no mercado de trabalho. Na área do envelhecimento, onde estudos de biogerontologia estão sendo iniciados, temos uma aluna de doutorado (Emilia Maria Wanderley de Gusmão Barbosa.) Que estudará obesidade sarcopência em idosos, em fase de elaboração, a partir de biorrepositório sob responsabilidade da Dra. Arlete Maria Valente Coimbra e minha já devidamente aprovado pelo CEP.
Sigla do Laboratório: 
BIMOCA
Professores responsáveis: 
Ibsen Bellini Coimbra
Linhas de pesquisa: 
Condrogênese a partir de células tronco mesenquimais de diferentes fontes; expressão gênica em condrócitos; envelhecimento e doenças crônicas; doenças autoimunes
Palavras-chave: 
Condrogênese; células-tronco humanas; expressão de genes; envelhecimento; osteoartrite; autoimunidade;
Principais equipamentos utilizados para o desenvolvimento das pesquisas: 
Fluxo laminar; microscópio óptico (em fase de compra pelo projeto FAPESP); microscópio invertido para análise das culturas de células; incubadora de CO2. Centrífugas; centrífuga com refrigeração; nanodrop (uso de outro lab.); biofreezer -80; termociclador para pcr; termociclador para pcr em tempo real; fotodocumentador para western blotting; citômetro de fluxo; freezer -20; container de nitrogênio líquido; banho-maria; banho seco; micrótomo; cubas de eltroforese-horizintal e vertical com respectivas fontes; equipamento para eletroblot; agitadores, Phmetro
Fundos de financiamento: 
FAPESP
CNPq
Técnicos: 
Carolina Coli Zuliani Bertami
E-mail: 
labimoca@gmail.com
Telefone: 
19 3521-9587
Prédio: 
FCM08 - Laboratórios de Pesquisa, Programa Saúde da Família, Almoxarifado.
Endereço: 
Rua Vital Brasil
50
Cidade Universitária Zeferino Vaz
13083-888
Campinas
SP