Diagnóstico de Doenças Infecciosas e Parasitárias Emergentes e Oportunistas

O LADIPE iniciou suas atividades em fevereiro de 2011, destinado ao de desenvolvimento de novos recursos diagnósticos em doenças infecciosas emergentes e de importância em Saúde Pública e denominado: Laboratório de Diagnóstico de Doenças Infecciosas e Parasitárias Emergentes e Oportunistas (LADIPE) . Destina-se a atender a crescente demanda de opções para diagnóstico rápido sensível e específico de doenças infecciosas e parasitárias emergentes e prevalentes atendidas no HC da UNICAMP por métodos de Biologia Molecular e outros recursos diagnósticos. Pretendemos obter, através de projetos de Pesquisa, recursos para adequação de equipamentos e estrutura laboratorial, para desenvolvimento, padronização e aplicação destes recursos diagnósticos para fins de assistência, ensino e pesquisa. Em 2011 iniciamos uma parceria com a Profa.Maria Izabel Pedreira de Freitas, atualmente da Faculdade de Enfermagem e em colaboração em projeto FAPESP Processo 2010/15615-2 equipamos o Laboratório com equipamentos voltados à area desta pesquisa. Em 2014 obtivemos do Ministério da Saude recursos para aquisição de 2 aparelhos de Real Time PCR e um sequenciador para uso comum.
Sigla do Laboratório: 
LADIPE
Professores responsáveis: 
Prof Dr Carlos Emilio Levy
Linhas de pesquisa: 
Diagnóstico Laboratorial da Leishmaniose e emprego de recursos moleculares; Diagnóstico molecular de bacterias oportunistas; Contaminação de instrumentais e de artigos reprocessáveis; Esterilização de instrumentais cirurgicos; Diagnóstico laboratorial da Doença de Chagas e emprego de recursos moleculares
Palavras-chave: 
Leishmaniose visceral e tegumentar; Doença de Chagas;Fibrose cística; infecções oportunistas; esterilização de instrumentais;infecção relacionada a assistência a saude;
Colaboração/convênio com entidades estrangeiras: 
Iremos receber a visita do Prof Niels Hoiby da Universidade de Copenhage Dinamarca que virá em outubro de 2015 e ja acordamos que meu aluno de doutorado Renan M. Mauch com bolsa FAPESP deverá estagiar por 6 meses em seu laboratorio e deveremos estar propondo um convenio a ser submetido a PRP.
Principais equipamentos utilizados para o desenvolvimento das pesquisas: 
Cabine de biossegurança, autoclave de bancada, lupa estereoscópica, cubas e fontes de eletroforese, aparelho de PCR, Aparelho de RT PCR e sequenciador em fase de aquisição com verba liberada pelo Ministerio da Saude.
Fundos de financiamento: 
FAPESP
Biologistas: 
Não há atualmente funcionários contratados especificamente para o La, de Pesquisa. Em janeiro 2015 encerrou o contrato da técnica Thassia Mariane Teodora iniciado em Maio de 2013 DGRH 02300400
Pesquisadores colaboradores: 
Profa.Dra.Maria Izabel Pedreira de Freitas
E-mail: 
celevy@fcm.unicamp.br
Telefone: 
19 3521-7714
Prédio: 
HC - Hospital de Clínicas
Endereço: 
Rua Vital Brasil
251
2o. andar -Parasitologia
Cidade Universitária Zeferino Vaz
13083-888
Campinas
SP