Fisiopatologia Renal e Investigação de Complicações do Diabetes Mellitus

O Laboratório de Fisiopatologia Renal e Investigação de Complicações do Diabetes Mellitus (MICRODIABETES), FCM, UNICAMP, iniciou suas atividades em 1997. O foco inicial foi a patogênese da nefropatia diabética e a partir do ano 2000 passou a investigar também a patogênese da retinopatia diabética. Desde o início das suas atividades o Laboratório conta com recurso contínuo da FAPESP para seus diferentes projetos. Contamos ainda com bolsas do CNPq e CAPES para alunos de pós-graduação. Desde 2003, de forma contínua, temos alunos de pós-graduação e pós-doutorado estrangeiros. Por isso, nossas reuniões científicas são realizadas na língua inglesa. O MICRODIABETES possui colaborações com pesquisadores nacionais (USP, Ribeirão Preto, UNIFESP) e internacionais (Universidade de Toronto, Canadá, Universidade de Barcelona, Espanha e King's College, UK). A produção científica do MICRODIABETES é bastante boa com foco na sua qualidade.
Sigla do Laboratório: 
MICRODIABETES
Professores responsáveis: 
Prof. Dr. José Butori Lopes de Faria e Profa. Dra. Jacqueline Mendonça Lopes de Faria
Linhas de pesquisa: 
patogênese da nefropatia diabética; patogênese da retinopatia diabética; mecanismos de fibrose renal
Palavras-chave: 
nefropatia diabética; retinopatia diabética; fibrose renal; estresse oxidativo; diabetes mellitus; doença renal crônica
Colaboração/convênio com entidades estrangeiras: 
Nacional: USP, Ribeirão Preto, UNIFESP e internacionais: Universidade de Toronto, Canadá, Universidade de Barcelona, Espanha e King's College, UK (nenhum formal com número).
Principais equipamentos utilizados para o desenvolvimento das pesquisas: 
In vitro: Cultura de células de linhagem Mesangiais; Cultura de células de linhagem de podócitos; Cultura de células de linhagem de Fibroblastos; Cultura de células de linhagem tubulares renais; Cultura de células de linhagem de Müller da retina; Cultura de células de linhagem do epitélio pigmentado da retina; Silencimento gênico siRNA; Ensaio colorimétrico DCF e DAF; PCR Real Time; Citometria de fluxo; Teste de permeabilidade e viabilidade celular. In vivo: estudos com ratos e camundongos; Pletismógrafo; Kit glicemia e hemoglobina glicada; Wester blot; Imunohistoquímica; Imunofluorescência; Eletroretinografo. Estudo clínico: Teste age; Retinal function imager, ELISA; Espectrometria de Massa; High-performance liquid chromatography; Ultra Performance Liquid Chromatography; Microscopia.
Fundos de financiamento: 
FAPESP
Capes
CNPq
Biologistas: 
Processo Funcamp em andamento.
Pesquisadores colaboradores: 
Drª Jacqueline Mendonça Lopes de Faria
E-mail: 
lfpr.adm@gmail.com
Telefone: 
19 3521-7499
Prédio: 
FCM15 - NMCE - Núcleo de Medicina e Cirurgia Experimental
Endereço: 
Rua Cinco de Junho
S/N
Bloco 4 - 2º piso
Cidade Universitária Zeferino Vaz
13083-877
Campinas
SP