Investigação Em Doenças Inflamatórias Intestinais

As pesquisas em doenças inflamatórias intestinais (DII) nos seus aspectos moleculares vêm sendo realizadas desde 2004 pelo Serviço de Coloproctologia do Departamento de Cirurgia, em colaboração com o Laboratório de Sinalização Celular do Departamento de Clínica Médica. Desde este período, têm-se investigado os aspectos inflamatórios, vias de sinalização celular e de apoptose na mucosa de reservatórios ileais de doentes operados por Retocolite Ulcerativa, para se entender o potencial inflamatório desta mucosa mesmo após o procedimento cirúrgico curativo. Além disso, as características do tecido adiposo mesenterial próximo à área intestinal afetada pela doença de Crohn e suas implicações no desenvolvimento das formas mais graves da doença têm sido amplamente estudadas. Em junho de 2014, o Laboratório de Investigações em Doenças Inflamatórias Intestinais (LABDII) foi oficialmente criado, ocupando espaço físico no Gastrocentro – UNICAMP, dando continuidade às linhas de pesquisas acima mencionadas. Hoje o laboratório recebe o apoio de pesquisadores estrangeiros, por meio de um Convênio de Pesquisa entre a UNICAMP e o Institut d'investigacions Biomèdiques August Pi i Sunyer, vinculado ao Hospital Universitário Clínic de Barcelona. O principal foco deste acordo de colaboração é o desenvolvimento de biomarcadores em DII para estabelecimento de fatores prognósticos e de melhores estratégias terapêuticas.
Sigla do Laboratório: 
LABDII
Professores responsáveis: 
Raquel Franco Leal
Linhas de pesquisa: 
Análise transcripcional do tecido adiposo mesenterial e de mucosa intestinal de pacientes com doença de Crohn; Biomarcadores em doenças inflamatórias intestinais; Terapia biológica e celular em doenças inflamatórias intestinais; Atividade inflamatória, vias de sinalização celular, de apoptose e autofagia em mucosa de reservatórios ileais de doentes operados por Retocolite Ulcerativa
Palavras-chave: 
Doença de Crohn; Retocolite Ulcerativa; terapia biológica; biomarcadores; doença inflamatória intestinal; tecido adiposo mesenterial
Colaboração/convênio com entidades estrangeiras: 
Sim. Convênio de pesquisa protocolo número 02P28747/2013 e número 02P28748/2013 com o Institut d'investigacions Biomèdiques August Pi i Sunyer, vinculado ao Hospital Universitário Clínic de Barcelona.
Principais equipamentos utilizados para o desenvolvimento das pesquisas: 
1. Fast Real-Time PCR System computador Tower (Plataforma integrada, para detecção, quantificação e monitoramento em tempo real de produtos amplificados por reações químicas homogêneas, como TaqMan ou SYBR Green, a partir da técnica de PCR) 2. Aparatos para Western blotting (sistema de eletroforese, sistema para transferência, fotodocumentador) 3. Outros equipamentos (agitador pendular, agitador tipo gangorra, banho seco, agitador orbital tipo vórtex, freezer -20oC, freezer -80oC, geladeira 4oC, pipetas automáticas, microscópio óptico, balança de precisão, balança analítica)
Fundos de financiamento: 
FAPESP
Outras agências ou convênios que financiam os projetos do laboratório: 
FAEPEX; Convênio de pesquisa internacional com IDIBAPS, Barcelona
Pesquisadores colaboradores: 
Profa. Marciane Milanski (Faculdade de Ciências Aplicadas - Limeira, Departamento de Nutrição); Profa. Maria de Lourdes Setsuko Ayrizono (Faculdade de Ciências Médicas, Departamento de Cirurgia); Prof. Lício Augusto Velloso (Faculdade de Ciências Médicas, Departamento de Clínica Médica); Prof. Cláudio Saddy Rodrigues Coy (Faculdade de Ciências Médicas, Departamento de Cirurgia);
Pesquisadores internacionais: 
Profa. Azucena Salas, Institut d'investigacions Biomèdiques August Pi i Sunyer - IDIBAPS, Universidade de Barcelona
E-mail: 
raquelfl@fcm.unicamp.br
Telefone: 
19 3521-8592
Prédio: 
Gastrocentro - Centro de Diagnóstico de Doenças do Aparelho Digestivo
Endereço: 
Rua Carlos Chagas
420
2o andar
Cidade Universitária Zeferino Vaz
13083-878
Campinas
SP