Investigação em Metabolismo e Diabetes

O LIMED (Laboratório de Investigação em Metabolismo e Diabetes) teve sua criação em 2004 por meio de uma parceria estabelecida entre seus atuais coordenadores Prof. Dr. Bruno Geloneze (médico endocrionologista) e Prof. Dr. José Carlos Pareja (médico gastrocirurgião). Naquela época, ambos decidiram unir suas linhas de pesquisa e iniciar um trabalho em conjunto na UNICAMP no campo da investigação em cirurgia bariátrica e da fisiopatologia da obesidade e do diabetes tipo 2. Em seus anos iniciais, o LIMED teve seu funcionamento na unidade de investigação e diagnóstico da disciplina de Endocrinologia e Metabologia no Hospital de Clínicas da Unicamp. Nesta época contava com uma pequena equipe composta por uma enfermeira, um biólogo, uma nutricionista e seus coordenadores. Em 2006 foi concedido um novo espaço físico para a transferência do LIMED para o Gastrocentro, UNICAMP. Desde então, com uma ampliação de sua estrutura física, e com a captação de recursos financeiros em agências de fomento, o laboratório cresceu em recursos humanos e em produção acadêmico-científica. Novas linhas de pesquisa foram criadas e novas cooperações científicas nacionais e internacionais foram estabelecidas, proporcionando o intercâmbio de alunos e pesquisadores entre diferentes instituições de países como Dinamarca, Itália e Estados Unidos. Durante este período de crescimento, a criação de uma nova linha de pesquisa merece destaque. Com uma nova vertente, o seu foco era a análise do estado metabólico de grupos populacionais e de sua associação com hábitos de vida. Iniciou-se então o Projeto BRAMS (Brazilian Metabolic Syndrome Study), cujo principal objetivo era traçar um perfil metabólico e hormonal da população brasileira, avaliando um amplo espectro de adiposidade e de tolerância à glicose e de fatores associados. Inicialmente o BRAMS abrangia a avaliação de adultos e idosos. Em 2010, o estudo recebeu apoio financeiro do CNPq, ganhou um caráter multicêntrico e teve a inclusão de um braço pediátrico em parceria com a uma pesquisadora da UNIFESP. Até o presente o BRAMS avaliou mais de 5 mil voluntários das regiões de Campinas, Itu (SP), Fortaleza (CE) e Três Corações (MG). Estes dados foram e continuam sendo parte dos TCCs, das dissertações de mestrado e doutorado de diversos alunos. Atualmente, o LIMED é um dos principais laboratórios de pesquisa em cirurgia bariátrica para o tratamento do diabetes no mundo; e um dos principais centros de pesquisa na fisiopatologia e epidemiologia do diabetes e da obesidade do Brasil. O LIMED conta com quadro subunidades laboratoriais, sendo elas: 1- investigação hormonal e metabólica; 2 - avaliação antropométrica e de composição corporal; 3- testes dinâmicos funcionais metabólicos; 4 - Ambulatório DOM – Diabetes Obesidade e Metabolismo; e 5 – Cirúrgica. Todas as subunidades estão em funcionamento no Gastrocentro, UNICAMP; exceto a unidade cirúrgica que está integrada ao Hospital de Clínicas da Unicamp. As publicações em periódicos científicos de renome internacional (ex. Diabetes, Diabetes Care, Journal of Clinical Endocrinology and Metabolism, etc), bem como os diversos prêmios recebidos como mérito científico dos projetos conduzidos no LIMED são o reflexo do seu crescimento, da sua relevância e do significado social do trabalho científico desenvolvido no laboratório.
Sigla do Laboratório: 
LIMED
Professores responsáveis: 
Bruno Geloneze Neto; José Carlos Pareja; Ana Carolina Junqueira Vasques
Linhas de pesquisa: 
Avaliação clínica e laboratorial da resistência à insulina e da função da célula-beta em indivíduos e populações; Estudo dos eixos êntero-hipotalâmico e êntero-insular em humanos: associação com o diabetes mellitus tipo 2, a obesidade e seu tratamento cirúrgico; Impacto clínico e metabólico da cirurgia bariátrica; Estudos clínicos com novas drogas para o tratamento do diabetes e da obesidade; O tecido adiposo como órgão endócrino.
Palavras-chave: 
Obesidade; cirurgia bariátrica; diabetes tipo 2; resistência à insulina; função da célula-beta; adiposopatia.
Principais equipamentos utilizados para o desenvolvimento das pesquisas: 
DEXA - densitometria de dupla emissão com fonte de fótons ou de raio X; Leitor de ELISA; Bioanalisador YSI 2700; Bombas de infusão; Centrífugas; Calorimetria indireta; Ultrassom; Bioimpedância tetrapolar.
Fundos de financiamento: 
FAPESP
CNPq
Indústria Farmacêutica
Pesquisadores colaboradores: 
Mário José Abdalla Saad – Departamento de Clínica Médica; Licio Augusto Velloso – Departamento de Clínica Médica; Laura Sterian Ward - Departamento de Clínica Médica; Marcos Antonio Tambascia - Departamento de Clínica Médica; Rodrigo Ramos Catharino – Departamento de Patologia Clínica; Daniela de Oliveira Magro - Departamento de Clínica Médica; Élinton Adami Chaim – Departamento de Cirurgia; Claudio Saddy Rodrigues Coy– Departamento de Cirurgia; Otávio Rizzi Coelho Filho – Departamento de Cardiologia; Andrei Carvalho Sposito – Departamento de Cardiologia; Mariana Porto Zambon – Departamento de Pediatria; Maria Ângela Reis de Góes Monteiro Antonio – Departamento de Pediatria; Gil Guerra Júnior – Departamento de Pediatria; Anita Jocelyne Marsaioli – Departamento de Química Orgânica
Pesquisadores externos à Unicamp: 
Ana Raimunda Dâmaso, Universidade Federal de São Paulo; Adriana Costa e Forti, Universidade Federal do Ceará; Denise Mafra, Universidade Federal Fluminense; Maria Cristina Foss de Freitas, Universidade de São Paulo
Pesquisadores internacionais: 
Andrea Tura, Institute of Biomedical Engineering, National Research Council (ISIB-CNR), Padua, Italy; Filip K. Knop, University of Copenhagen, Copenhagen, Denmark; Steven E. Kahn, University of Washington, USA.
E-mail: 
ana.vasques@fca.unicamp.br
Telefone: 
19 3521-8589
Prédio: 
Gastrocentro - Centro de Diagnóstico de Doenças do Aparelho Digestivo
Endereço: 
Rua Carlos Chagas
420
Cidade Universitária Zeferino Vaz
13083-878
Campinas
SP