Luz-Laser em Ciências Biomédicas

No final dos anos 70, o interesse da comunidade científica mundial do raio Laser em várias especialidades médicas não passou despercebido pelos Prof. Jorge Nicola, do Laboratório GDAL (Grupo de Desenvolvimento e Aplicações de Laser), do Instituto de Física, Unicamp e, até então, da médica otorrinolaringologista Ester M. D. Nicola da FCM-Unicamp. As imensas possibilidades de aplicação dessa tecnologia na medicina exigiriam um preparo adequado de profissionais para o futuro e permitiriam que os primeiros passos em pesquisa nessa área fossem iniciados no Brasil. Em 1980, com essa visão pioneira destes profissionais, nasce o Laboratório de Laser, tendo já em seu “DNA” o firme propósito de que parcerias e compartilhamento entre diferentes áreas do conhecimento científico seriam o seu ideal em pesquisas que envolvesse o raio Laser e suas diferentes interações com o tecido biológico. Ao conquistar o seu espaço físico em definitivo no Núcleo de Medicina Experimental da FCM-Unicamp e tendo a frente, agora, a Prof. Dra. Ester Nicola, o Laboratório de Laser pode crescer e levar para fora dos muros da universidade os seus ideais de pioneirismo, de pesquisa e docência na área. Produziu e publicou nacionalmente e no exterior inúmeros artigos, possibilitou as múltiplas visões de pesquisas básicas para alunos em teses de mestrado e doutorado e materializou que ideias se transformassem em protótipos de instrumentos com aplicação em medicina. Essa seriedade e objetividade do Laboratório foram fundamentais para que duas pesquisas nele realizado fossem agraciadas com dois prêmios; um em 1998, no I Congresso Internacional de Laser e Novos Recursos em Odontologia (Prêmio Juarez Corrêa da Silveira) e outro em 2001, no III Congresso da Sociedade Brasileira de Laser (Prêmio Wilson Rubens Andreoni). Em seus mais de 30 anos de atividade, o laboratório, agora com o nome de Laboratório de Luz-Laser em Ciências Biomédicas, ainda mantém os princípios de seus ideais de interdisciplinaridade entre as áreas do conhecimento e se coloca às ideias e as pessoas que querem ampliar os estudos e pesquisas das múltiplas interações que ocorrem entre luz e os diferentes lasers com o tecido biológico.
Sigla do Laboratório: 
3LCB
Professores responsáveis: 
Prof. Dr. Reinaldo Jordão Gusmão
Linhas de pesquisa: 
Estudos comparativos de propriedades ópticas e fototóxicas de fotoprodutos – derivados de Protoporfirina IX (PpIX) sintética e da glândula Harderiana de ratos da espécie Rattus novergicus albinus; Estudo da fluorescência óptica produzida por luz UV em lesões de pele de ratos Wistar senis após a aplicação de ácido δ-aminolevulínico ( ALA ); Estudo do desenvolvimento da glândula harderian, de ratos da linhagem relacionando com a síntese de protoporfirina ix; Laser Diodo com 980 nm e 1470 nm e suas múltiplas interações com tecidos adiposos; Estudos preliminares da interação biológica do laser de Itérbio: é possível sua aplicação em medicina?
Palavras-chave: 
Laser, Interação Laser-Tecido, Fluorescência, PDT, Glandula Harderiana, Lipólise
Principais equipamentos utilizados para o desenvolvimento das pesquisas: 
Laser de CO2; Laser de He-Ne; Microscópio Cirúrgico; LED infravermelho; Lampada UV; Vidraria para fotosensibilizador; Caixas cirúrgicas;
Outras agências ou convênios que financiam os projetos do laboratório: 
INCT - Biofabris
Biologistas: 
Prof. Dr. Edmyr Rosa Reis - Biomédico
Pesquisadores colaboradores: 
Prof. Dr. Paulo Kharmandayan - FCM-Unicamp
Pesquisadores externos à Unicamp: 
Prof. Dr. Vanderlei S. Bagnato - Instituto de Física de São Carlos - USP; Prof. Dr. Iouri Borissevitch - Departamento de Matemática e Física - USP Campus Ribeirão Preto.
E-mail: 
3lcb@fcm.unicamp.br
Telefone: 
19 3521-7503
Prédio: 
FCM15 - NMCE - Núcleo de Medicina e Cirurgia Experimental
Endereço: 
Rua cinco de junho
332
Cidade Universitária Zeferino Vaz
13083-877
Campinas
SP