Medicina Nuclear In-Vitro

O Laboratório foi criado a cerca 20 anos com o apoio da Fapesp, tendo sido instalado medidores de radiação gama e beta para procedimentos de medicina nuclear in-vitro. As principais pesquisas são relacionadas ao usop de radiofármacos para medidas precisas da função glomerular e da função tubular renal. Também são feitos procedimentos de alta sensibilidade para a detecção de fístulas liquóricas e está sendo inciada uma pesquisa relacionada a detecção de sequestro de hemácias.
Sigla do Laboratório: 
In-Vitro
Professores responsáveis: 
Celso Dario Ramos
Linhas de pesquisa: 
Avaliação da Função Renal com Radioisótopos; Avaliação de Fístulas Liquóricas; Avaliação de Sequestro de Hemácias; Marcação de Radiofármacos
Palavras-chave: 
Medicina Nuclear In-Vitro; Função Glomerular; EDTA-51Cr; Fístula Liquórica; Controle de Qualidade de Radiofármacos;
Principais equipamentos utilizados para o desenvolvimento das pesquisas: 
Contador gama tipo poço; Contador beta; Monitores de radiação
Fundos de financiamento: 
FAPESP
Biologistas: 
Cristiane Mudinutti; Edna Marcia Rodrigues Brunetto; Fernanda Hungaratto dos Santos; Glaucia Furlan; Guilherme Fidelis Martins; Juliana Pasquotto Souza; Natalia Tobar Toledo Prudente da Silva; Viviana Aparecida Martini.
Pesquisadores colaboradores: 
Daniel M. Onusic Sergio Q. Brunetto Cristiane Mudinutti Juliana Pasquotto Souza Celso Dario Ramos
E-mail: 
soniama@hc.unicamp.br
Telefone: 
19 3521-9542
Prédio: 
FCM08 - Laboratórios de Pesquisa, Programa Saúde da Família, Almoxarifado.
Endereço: 
Rua Vital Brasil
50
Cidade Universitária Zeferino Vaz
13083-888
Campinas
SP