Introdução à Medicina Integrativa e Apresentação do LAPACIS

No dia 23 de agosto ocorreu a aula de Introdução à Medicina Integrativa e apresentação do Laboratório de Práticas Alternativas Complementares e Integrativas em Saúde (LAPACIS) pela Dra. Pâmela Siegel.

A palestra contemplou a conceituação, histórico e desenvolvimento das PICs, bem como o contexto cultual que envolveu o movimento de contra-cultura, a influência oriental e as ricas trocas que ocorreram nessa época, momento muito importante do desenvolvimento das práticas, então chamadas de alternativas. Seguiu, ressaltando outros momentos importantes, como o surgimento do termo “medicina complementar” para tais práticas na década de 80 e, em 2001, o termo “medicina integrativa”. Foram apresentadas também as políticas de incentivo da OMS na implementação das práticas integrativas e a Política Nacional das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, instituída no SUS em 2006.  

A Dra. Pâmela apresentou um panorama geral das principais práticas conhecidas e aplicadas no Brasil e conceituou os atuais modelos de medicina existentes: o biomédico, o alternativo e o complementar, apresentando os aspectos positivos e críticas de cada um.

A discussão dessa aula trouxe à tona questionamentos acerca do conceito de doença e cura que nossa sociedade tem, qual a visão que os profissionais da área recebem durante sua formação (seria ela suficiente para contemplar as necessidades da população?), e como as práticas integrativas são capazes de conciliar as culturas e as condições sócio-econômicas de cada região, beneficiando os usuários e inserindo-os como agentes ativos no seu processo de tratamento e não apenas expectadores de uma relação hierarquizada entre os profissionais de saúde.

A coordenação da Liga de Medicina Integrativa agradece a participação da Dra. Pâmela e de todos os ligantes e convida a todos para as próximas aulas, que ocorrem todas as quartas, às 18h30 no anfiteatro 3 na Legolândia – FCM.