Visita da LAPLAM ao Espaço Mandala

Nos dias 06/06 e 20/06, os participantes e organizadores da LAPLAM fizeram uma visita ao Espaço Mandala, localizado na Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp. Foi uma grande experiência de troca de saberes e esinamentos. A farmacêutica e ligante e participante do Projeto Mandala, Cristina Tanikawa, nos apresentou o espaço, em duas tardes muito agradáveis.

A seguir, um texto apresentando um pouco sobre a história e os objetivos do Espaço Mandala, fornecido pela Cristina:

 

"O ESPAÇO MANDALA na UNICAMP foi criado por pesquisadores que tinham como propósito manter espécies vegetas de relevância científica, preservar o potencial genético natural e o patrimônio cultural das plantas lá cultivadas.

Em 1995, a Bióloga Rejane Barros Cardamone, funcionária da Prefeitura desse Campus, lotada no Parque Ecológico, atualmente nomeado como Divisão de Meio Ambiente (DMA), foi convidada pelo responsável do parque, o Prof. Dr. Hermógenes de Freitas Leitão Filho para implantar o projeto nomeado “No Jardim de Plantas Medicinais” destinado a desenvolver pesquisas com plantas medicinais.

Em parceria com a arquiteta Ana Beatriz Goulart de Faria desenvolveram o projeto deste jardim, que propôs como desenho uma Mandala, sendo edificada pelos próprios funcionários do parque ecológico.

Com o falecimento do Professor Dr. Hermógenes (1996), o Parque Ecológico passa a ter um perfil mais operacional, esta área deixa de ter sua finalidade inicial, sendo definitivamente abandonada quando do desligamento da universidade da bióloga Rejane (1998).

Após esse período, a área foi totalmente abandonada, passando a ser alvo de propostas e projetos voltados à descaracterização do projeto inicial, para a construção de novos prédios, estacionamentos, etc.

Com o propósito de recuperar a área do Jardim de Plantas Medicinais, um grupo multidisciplinar formado em 2014, durante a participação na disciplina AM-16 - Educação Ambiental, ministrada pelo Prof. Dr. Sandro Tonso, apresentou um trabalho para a Revitalização do Espaço Mandala. Seu principal objetivo era e ainda se mantém, de preservar parte do projeto inicial e implantar novas formas de utilização, além de conservar o local próprio para o desenvolvimento de várias atividades voltadas primeiramente à comunidade universitária e, posteriormente a externa também.

Atualmente o ESPAÇO MANDALA está oficialmente registrado como área educacional (2016), possibilitando o desenvolvimento de atividades como: Oficinas de agricultura natural para participantes da melhor idade do Projeto UniversIDADE da UNICAMP; Palestras educativas sobre PANCs e visitas de alunos de graduação e pós-graduação interessados em plantas medicinais."

 

A coordenação da Liga Acadêmica de Plantas Medicinais e Fitoterápicos agradece a todos os participantes e, em especial, à Cristina, que nos possibilitou essa visita!