2017

Em maio de 2017 iniciamos as visitas a algumas Unidades Básicas de Saúde, como parte do projeto "Implantando Farmácias Vivas na Rede Municipal de Saúde de Campinas", que tem como objetivo assessorar e estimular a implantação de Farmácias Viva em Campinas, desenvolvendo atividades de capacitação dos profissionais e comunidade envolvidos, e também auxiliando na estruturação  das hortas. 

 

Visita do Grupo de Plantas Medicinais e Fitoterapia à UBS Tancredo Neves (Tancredão)

No dia 23-maio-17 foi realizada a visita à UBS Tancredo Neves (Campinas/ SP) pelo Grupo de Plantas Medicinais e Fitoterapia da UNICAMP, representado por Eloisa Pimentel, Ana Cristina, Maria Cláudia, Monique, Michelle e Renata. O objetivo da visita foi conhecer o projeto que a UBS já desenvolve com plantas medicinais, denominado Projeto Nossa Horta Comunitária, que neste dia da visita completou um ano de existência.

 A visita foi iniciada as 09:00 como um passeio guiado à horta, realizada por Idílio e Ana Paula, coordenadores do projeto da horta medicinal na UBS. Existe um grande espaço de plantação de hortaliças, plantas medicinais e plantas alimentícias não convencionais (PANC).

Foram discutidas as experiências que os profissionais vêm desenvolvendo e sugeridas algumas orientações sobre plantio e escolha das espécies medicinais. Foi solicitada ajuda do nosso Grupo para a capacitação em plantas medicinais dos prescritores da UBS.

Das 10:30 as 11:30h foi realizada uma Ciranda de Ervas pela Dra Eloisa Pimentel e uma oficina de culinária saudável, pela nutricionista da UBS, das quais participaram profissionais de saúde e pessoas da comunidade. Nas duas sessões aconteceram trocas intensas de saberes sobre plantas medicinais.

Site com informações sobre o Projeto Nossa Horta Comunitária da UBS Tancredo Neves: https://sites.google.com/view/nhctancredo/

                                   

                           Figura 1- Visita à Horta com Idílio e Ana Paula, coordenadores do projeto

 

                                    

                               Figura 2- Ciranda de Ervas realizada pela Dra. Eloisa Pimentel

 

Visita do Grupo de Plantas Medicinais e Fitoterapia à UBS Vista Alegre

No dia 30-maio-17 foi realizada a visita à UBS Vista Alegre (Campinas/ SP) pelo Grupo de Plantas Medicinais e Fitoterapia da UNICAMP, representado por Eloisa Pimentel, Ana Cristina, Maria Cláudia, Monique e Renata. O objetivo da visita foi conhecer o projeto que a UBS já desenvolve com plantas medicinais e iniciar oficialmente, nesta unidade, o nosso projeto de “Assessoria para projetos pilotos de implantação de hortas medicinais no município de Campinas”. 

A visita foi iniciada as 09:00 como um passeio guiado à UBS por Claudinei, auxiliar administrativo e participante do Projeto da Horta Medicinal. Conhecemos a horta e as plantas medicinais já cultivadas nela, assim como o futuro espaço para um maior cultivo de plantas medicinais. Foram discutidas as experiências que os profissionais vêm desenvolvendo e sugeridas algumas orientações sobre plantio e escolha das espécies medicinais.

Das 10:30 as 11:30 foi realizada uma Ciranda de Ervas, da qual participaram profissionais de saúde e pessoas da comunidade, onde ocorreu troca de saberes sobre plantas medicinais.

                               

                                                                        Figura 3- Ciranda de Ervas

 

Visita do Grupo de Plantas Medicinais e Fitoterapia à UBS DIC I

No dia 27-junho-17 foi realizada a visita à UBS DICI (Campinas/ SP) pelo Grupo de Plantas Medicinais e Fitoterapia da UNICAMP, representado por Érica, Maria Cláudia e Monique. O objetivo da visita foi conhecer o projeto que a UBS já desenvolve com plantas medicinais e iniciar oficialmente, nesta unidade, o nosso projeto de “Assessoria para projetos pilotos de implantação de hortas medicinais no município de Campinas”. 

O projeto de realização de uma horta comunitária na UBS DIC I já era um desejo dos funcionários da UBS, com a finalidade de educação em saúde e prevenção. Os profissionais do DIC I adotaram a estratégia de disponibilizar a horta para o trabalho com os diferentes grupos terapêuticos e de convivialidade grupos formados na Unidade. No momento, a horta já está sendo utilizada pelos grupos de socialização de crianças e adolescentes, pelos grupos formados pelo CAPS AD da região. Além disso, a horta tem servido como um espaço de convivência para os trabalhadores e a comunidade.

Foram discutidas as experiências que os profissionais da UBS vêm desenvolvendo e sugeridas algumas orientações sobre plantio e escolha das espécies medicinais.                                        

                                                                                             

                                                 

Figura 4- Placa da Nossa Horta Comunitária