Cirurgião da Unicamp é um dos cinco contemplados no mundo, com bolsa de estudos na Europa

O médico assistente, Guilherme Cardinali Barreiro, do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, acaba de ser contemplado com uma bolsa de estudos oferecida pela Associação Europeia de Cirurgia Plástica (EURAPS). A oportunidade é concedida anualmente a cinco jovens cirurgiões em todo o mundo, e tem por objetivo, proporcionar de um a três meses de experiência profissional no Departamento Europeu de Cirurgia Plástica ou nas demais instituições membros.

Durante a estadia no exterior, Guilherme será supervisionado pelo diretor da instituição hóspede, que, ao final do período, encaminhará à EURAPS e à Unicamp, um relatório detalhado sobre o período em que o médico brasileiro passou na instituição. A experiência, de acordo com Guilherme, permitirá a prática da cirurgia plástica reconstrutiva em locais cujas políticas públicas de saúde são semelhantes à brasileira, porém, “mais desenvolvidas e bem estabelecidas dentro do ambiente universitário”.

O médico da FCM também compara a atuação do Brasil e dos países europeus no campo da cirurgia plástica. “Os principais centros europeus têm como objetivo primordial a excelência na cirurgia plástica reconstrutora. O Brasil goza de reconhecimento internacional na cirurgia estética, mas ainda busca estabelecer-se na cirurgia reconstrutora dentro do cenário mundial”, explica.

A oportunidade, ainda de acordo com Guilherme, ampliará o trabalho desenvolvido na Unicamp. “Essa experiência contribuirá para impulsionar a produção científica da disciplina, além de dar mais visibilidade ao nosso trabalho no exterior”, finalizou.