I Workshop de Internacionalização reúne Faculdades de Medicina de SP

A Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp foi palco nessa sexta-feira (18) do I Workshop de Internacionalização das Faculdades de Medicina do Estado de São Paulo. O coordenador do Escritório de Relações Internacionais da FCM, Rodrigo Bueno de Oliveira, deu as boas-vindas aos participantes do evento e agradeceu ao esforço conjunto de todos que participaram da organização.

O diretor associado da FCM, Roberto Teixeira Mendes, resaltou durante a mesa de abertura do workshop, a importância em saber quais caminhos levam a estruturação da internacionalização. O presidente da Comissão de Relações Internacionais da Faculdade de Medicina da USP, Aluísio Segurado, disse que a pós-graduação já está inserida na internacionalização e que o caminho agora é dar especial atenção à graduação e incorporar a internacionalização como estratégia educacional.

O pró-reitor de graduação da Unicamp, Luis Alberto Magna, destacou três pontos importantes para facilitar a mobilidade dos estudantes de graduação e médicos-residentes: o idioma, a flexibilização do currículo e o investimento. “O curso de medicina tem particularidades que merecem atenção diferenciada”, disse Magna.

A palestra de abertura do I Workshop de Internacionalização das Faculdades de Medicina do Estado de São Paulo intitulada “A importância da discussão da internacionalização para as universidades brasileiras”, foi proferida por Luiz Augusto Barbosa Cortez, vice-reitor executivo de Relações Internacionais da Unicamp.

O evento reuniu diretores e representantes dos Escritórios de Relações Internacionais das Faculdades de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) - campi de São Paulo e Ribeirão Preto - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp); Universidade Federal de São Paulo (Unifesp); Faculdade Paulista de Medicina; Associação Brasileira de Educação Internacional (Faubai); Associação Brasileira de Educação Médica (ABEM) e da Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais (Vreri) da Unicamp.