Pesquisa sobre distúrbios do sono é destaque na imprensa

O médico da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp Edilson Zancanella e pesquisador do projeto ISACamp Sono, fala sobre distúrbios do sono no programa Mulher.com, da TV Século 21. Veja a entrevista. O projeto é coordenado pelo Centro Colaborador em Análise da Situação de Saúde (CCAS), do Departamento de Saúde Coletiva da FCM.

De acordo com a coordenadora do CCAS Marilisa Berti de Azevedo Barros, mais de três mil pessoas participaram do estudo financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), no ano passado. Em 2016, a segunda etapa da pesquisa coleta dados de uma subamostra com 400 indivíduos. Estão sendo realizados exames de actigrafia e polissonografia nos participantes, que avaliam o ritmo e a qualidade do sono.

A pesquisa aponta ainda, que pelo menos 40% das pessoas tem a necessidade de cochilar durante o dia, e que 36,3 % desses cochilos são intencionais e 4,1 % ocorrem de maneira não intencional. O ronco e a qualidade do sono também foram relatados pelos participantes do estudo: 41% dos entrevistados relataram roncar e 27,1% da população avaliaram o próprio sono como regular, ruim ou muito ruim.

Leia mais
Pesquisa inédita da Unicamp irá monitorar o sono dos campineiros