Pesquisas da Unicamp na área de farmacologia clínica são premiadas pelo CRF

As pesquisas da Unicamp “Incidência, caracterização e acompanhamento da resolução de eventos adversos aos medicamentos em pacientes admitidos em emergência pediátrica” e “A importância da atenção farmacêutica nos cuidados de pacientes oncológicos em tratamento com antineoplásticos orais: um estudo sobre adesão, qualidade de vida e conhecimento da doença” receberam o Prêmio Adelaide José Vaz de incentivo aos farmacêuticos da rede pública de saúde.

Os trabalhos inscritos abordaram o tema “Cuidado Farmacêutico”. O foco das pesquisas foram a interação direta do farmacêutico com o usuário, como nos serviços clínicos, farmácia clínica, atenção farmacêutica e acompanhamento farmacoterapêutico. O prêmio foi entregue pelo Conselho Regional de Farmácia (CRF) durante o 30º Congresso de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo (Cosems), ocorrido no dia 14 de abril, em São Paulo.

A pesquisa “Incidência, caracterização e acompanhamento da resolução de eventos adversos aos medicamentos em pacientes admitidos em emergência pediátrica” ficou em primeiro lugar. Os autores são: Cínthia Madeira de Souza, Priscila Gava Mazzola, Rosiane de Fátima Lopes Ambrósio e Vanessa Marcílio de Souza. A orientação é da professora Patrícia Moriel, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da Unicamp.

Essa pesquisa foi desenvolvida na Unidade de Emergência Referenciada (UER) pediátrica do Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp pela equipe de farmácia clínica, com suporte da farmacêutica Rosiane de Fátima Lopes Ambrosio. Este trabalho faz parte da dissertação de mestrado de Cinthia M. de Souza, da área de pesquisa clínica da pós-graduação em Ciências Médicas da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp.

A menção honrosa ficou com o projeto “A importância da atenção farmacêutica nos cuidados de pacientes oncológicos em tratamento com antineoplásticos orais: um estudo sobre adesão, qualidade de vida e conhecimento da doença”. Os autores são Cristina Rosa Barbosa, Graziele Baldan Ferrari, Caio Henrique Gibim, Carmen Silvia Passos Lima, Gabriela Galhado De Vito, Júlia Coelho França Quintanilha, Laís Sampaio Amaral, Lara Paro Dias, Maria Aparecida Loureiro Spósito, Marília Berlofa Visacri, Mayra Carvalho Ribeiro e Patrícia Moriel.

Esse trabalho foi desenvolvido no ambulatório de oncologia clínica do HC pela equipe de farmácia clínica com suporte das farmacêuticas da oncologia e da médica Carmen Silvia Passos Lima. No total, 49 pacientes participaram da pesquisa que avaliou a adesão ao tratamento e a qualidade de vida dos pacientes.

“Este trabalho mostra a importância da atuação de docentes junto às atividades assistênciais do Hospital de Clínicas, contribuindo com a melhoria do Sistema Único de Saúde (SUS)”, explica a farmacêutica Patrícia Moriel, professora e coordenadora da equipe de farmácia clínica do HC da Unicamp.