CIBio

A Comissão Interna de Biossegurança (CIBio) é componente essencial para o monitoramento e vigilância das atividades com Organismos Geneticamente Modificados (OGM) e seus derivados e para fazer cumprir as normas de biossegurança. Toda instituição que se dedique ao ensino, à pesquisa científica, ao desenvolvimento tecnológico e à produção industrial que utilize técnicas e métodos de engenharia genética ou realize pesquisas com OGM e seus derivados, ou mesmo, precise importar OGM e seus derivados, deverá criar uma CIBio.

Comissão interna atende aos requisitos exigidos pelo inciso I do artigo 5º da Resolução Normativa 01 da CTNBio de 20 de junho de 2006. Atendidas as recomendações e as medidas de biosseguranca contidas no processo e as determinações legais da CTNBio, essa comissão é capaz de gerir o risco associado as atividades desenvolvidas nesta instituição. No âmbito das competências da Lei 11.105/05, regulamentadas pelo decreto 5.591/05, a comissão considerou que a Comissão Interna de Biosseguranca proposta atende as normas da CTNBio e a legislação pertinente que visam garantir a biosseguranca do meio ambiente, agricultura, saúde humana e animal.
 

COMPOSIÇÃO ATUAL DA COMISSÃO INTERNA DE BIOSSEGURANÇA

  1. Profa. Dra. Iscia Teresinha Lopes Cendes - Presidente

  2. Patrícia Aline Oliveira Ribeiro de Aguiar Araújo - Membro

  3. Joseane Morari - Membro

  4. Dioze Guadagnini - Membro 

  5. Lívia Aldred Iasbik Ferraz - Secretária