Alunos são protagonistas da XVI Semana de Fonoaudiologia

Enviado por Edimilson Montalti em qui, 24/05/2018 - 11:31

De 21 a 25 de maio, acontece a XVI Semana de Fonoaudiologia (Semafon), na Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp.  A mesa de abertura aconteceu ao meio-dia de segunda-feira (21), no auditório da FCM. De acordo com Diego Henrique Martinho, presidente da XVI Semafon, essa edição traz novidades, entre elas a publicação de anais dos trabalhos científicos e a divisão da programação em módulos. “Temos a adesão de 100% dos alunos de fonoaudiologia da FCM e um aumento de 50% do número de inscritos de outras instituições”, revelou Diego.

Em 2003, Maria Isabel Ramos do Amaral era aluna do curso de Fonoaudiologia, tornou-se professora e, agora, como vice-coordenadora da XVI Semafon, afirmou, emocionada, que uma das marcas da faculdade é a manutenção de suas tradições. “As tradições são importantes para valorizar a história, fortalecer a formação e ajudar a alçar novos voos”, disse. Maria Francisca Colella dos Santos, coordenadora geral da XVI Semafon e chefe do Departamento de Desenvolvimento Humano e Reabilitação (DDHR), destacou que os temas e convidados foram selecionados pelos alunos do curso. “Os temas buscam focar a interdisciplinaridade, tão valorizado nos dias atuais, e característica principal do curso de Fonoaudiologia da Unicamp”, disse.

A coordenadora do curso de graduação em Fonoaudiologia da FCM, Christiane Marques do Couto, ressaltou a importância da Semana de Fonoaudiologia ao ser colocada dentro do calendário letivo do curso. “Nessa semana, paramos todas as atividades para participar do evento e aprender de outra forma o conteúdo da fonoaudiologia, onde os protagonistas são os alunos”, revelou. Ivani Rodrigues Silva, coordenadora do Cepre, destacou que a produção científica dessa edição cobre todos os campos de atuação do fonoaudiólogo. “Queremos, sim, fazer a diferença”, disse.

O diretor associado da FCM, Roberto Teixeira Mendes, salientou que a atividade acadêmica tem facetas e, uma delas, é estimular os alunos a organizarem eventos. “Vocês precisam perceber os espaços institucionais que podem ocupar e ir adiante. Isso faz parte da formação de vocês”, orientou. A pró-reitora da graduação da Unicamp, Eliana Martorano Amaral, chamou a atenção para a importância da participação dos alunos nas atividades da Universidade. “O protagonismo de liderança, de fazer a diferença e de ser criativo está no DNA da Unicamp e isso é típico e marcante durante a Semafon”, ressaltou, emocionada.

A Semana de Fonoaudiologia foi criada em 2003, por iniciativa das alunas da primeira e segunda turmas do curso de Fonoaudiologia, sob a orientação da professora Maria Francisca Colella dos Santos.

Veja a programação completa da XVI Semafon e o álbum de fotos do primeiro dia do evento.