Lapacis completa 15 anos e lança curso sobre práticas integrativas em saúde

Enviado por Edimilson Montalti em ter, 06/04/2021 - 09:17

Aconteceu no dia 20 de março a abertura do curso de extensão Práticas integrativas em saúde – Ampliação da cultura de cuidado. Com duração de 18 meses, o curso teve 53 inscritos de diversas localidades do pais. A abertura contou com a participação do pró-reitor de Extensão e Cultura da Unicamp, Fernando Hashimoto, do diretor da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, Luiz Carlos Zeferino, do coordenador da Comissão de Extensão e Assuntos Comunitários da FCM, Rodolfo de Carvalho Pacagnella e do coordenador do Lapacis e professor do Departamento de Saúde Coletiva da FCM, Nelson Filice de Barros.

“Nesse ano em que o Laboratório de Práticas Alternativas, Complementares e Integrativas em Saúde (Lapacis) e a Política Nacional de Práticas Integrativas estão completando 15 anos de funcionamento, lançar novamente esse curso é uma grande realização, uma grande celebração”, diz Nelson Filice.

Dentro da grade curricular do curso estão os fundamentos sociais, culturais, históricos e políticos das racionalidades médicas e Práticas Integrativas e Complementares (PIC) no Brasil, as noções de culturas de cuidado, a ética e bioética no campo da saúde, fundamentos da medicina tradicional chinesa, antroposofia, homeopatia e ayurveda e das práticas terapêuticas presentes na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde (PNPIC), como yoga, musicoterapia, arteterapia, cromoterapia, florais e outras PICs que são oferecidas pelo Sistema Único de Saúde.

Para o coordenador de Extensão da FCM, Rodolfo Pacagnella, “a extensão universitária promove a integração do saber acadêmico com as necessidades da comunidade. Juntas, são capazes de construir um saber sólido dentro da sociedade brasileira”.

De acordo com o diretor da FCM, Luiz Carlos Zeferino, a prática científica e a racionalidade médica se impõem diante da pandemia de Covid-19, pontos esses que fazem parte das linhas principais do curso ofertado. “A saúde é um universo difícil de contextualizar em poucas palavras e as PICs têm um espaço importante dentro desse cenário. Qualquer prática teve ter referência na ciência, na medida do possível”, salientou Zeferino.

Fernando Hashimoto, pró-reitor de Extensão e Cultura da Unicamp, destacou que a Unicamp tem 35 mil alunos inscritos nos diversos cursos de Extensão da Unicamp oferecidos anualmente. “Esse curso, oferecido pelo Lapacis, é a cara da Unicamp, pela sua forte interdisciplinaridade. Que vocês sejam bem-vindos e aproveitem bastante o curso”, desejou Hashimoto.

Assista aqui a abertura e a primeira aula do curso Práticas integrativas em saúde – Ampliação da cultura de cuidado.