Departamento de Psicologia Médica e Psiquiatria

Histórico

O Departamento de Psicologia Médica e Psiquiatria (DPMP) da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (FCM Unicamp) foi criado em 1966. Sua trajetória é marcada pela integração de profissionais que utilizam diferentes referenciais teóricos e clínicos. Essa diversidade tem propiciado ao corpo discente e docente do departamento e da FCM um rico convívio e um aprendizado dinâmico e crítico.

Antes de focalizarmos a situação atual do DPMP, em suas diversas áreas de atividade, cumpre localizar seus principais marcos históricos:
 

20/12/1962 - Lei estadual 7.655 cria a Universidade de Campinas, incorporando-lhe a Faculdade de Medicina, que já havia sido criada pelas Leis Estaduais 2.154 e 4.996, de 30/06/1953 e 25/11/1958, respectivamente.

20/05/1963 - Aula inaugural da Faculdade de Medicina, cujas cadeiras básicas funcionaram, provisoriamente, na Maternidade de Campinas. Para as atividades das cadeiras clínicas, utilizaram-se as dependências da Santa Casa.

10/04/1966 – Implantação do Departamento de Psicologia Médica e Psiquiatria, tendo sido o Dr. Roberto Silveira Pinto de Moura seu primeiro chefe.

1967 -  Atividades clínicas e de ensino de Psiquiatria passaram a ocorrer no Sanatório Cândido Ferreira, no distrito de Sousas.

1968 - Inauguração das primeiras edificações no Campus Universitário de Barão Geraldo, alojando o Instituto de Biologia.

1970 - A sede do DPMP e o seu ambulatório são transferidos para o prédio da Cruzada das Senhoras Católicas, no centro de Campinas.

1972 - Início da Residência Médica em Psiquiatria.

1976 – O Prof. Dr. Mauricio Knobel, psiquiatra e psicanalista proveniente de Buenos Aires, promove o desenvolvimento do departamento, com contratação de vários docentes, trabalho com equipes multidisciplinares de diferentes referenciais, grupos de estudos, estruturação de vários setores e serviços. Os setores, e respectivos ambulatórios, de Psiquiatria da Infância e de Psiquiatria da Adolescência tiveram especial desenvolvimento. O Prof. Knobel foi reconhecido como Cidadão Campineiro e como Professor Emérito da Unicamp.

1978 - Início do Curso de Pós-Graduação em Medicina da Faculdade de Ciências Médicas: a Saúde Mental é uma área de concentração da Clínica Médica.

1979 - Inauguração dos ambulatórios do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (HC Unicamp), na Cidade Universitária, no distrito de Barão Geraldo.

1980 - Uma sala de dois leitos, próxima à enfermaria de clínica médica da Santa Casa, é reservada para a internação de pacientes psiquiátricos.

1986 – Inauguração da Unidade de Internação e dos serviços de Emergência e de Interconsulta de Psiquiatria no Hospital das Clínicas, cujas primeiras enfermarias passavam a funcionar.

1987 – Início do SAPPE, Serviço de Atendimento Psicológico e Psiquiátrico ao Estudante de graduação e pós-graduação.

1989 – Cria-se o Curso de Pós-Graduação em Saúde Mental.

1991 - O DPMP é designado Centro Colaborador da Organização Mundial da Saúde, para pesquisa e treinamento em saúde mental.

1994 - Inauguração das dependências próprias do Ambulatório de Psiquiatria no terceiro andar do HC.

1997 – Criação do Laboratório de Psicopatologia Fundamental.   1998 – Criação dos seguintes ambulatórios especializados: Neuro-psiquiatria Infantil; Saúde Mental do Idoso, Transtornos Alimentares, Ambulatório de Substâncias Psicoativas, Interconsulta.

1999 – Reorganização da Pós-Graduação em Saúde Mental, que volta a ser uma área de Concentração da Pós-Graduação em Ciências Médicas.

2000 – Implantação dos laboratórios de pesquisa: Laboratório de Saúde Mental e Cultura, Laboratório de Pesquisa Clínico-Qualitativa, Laboratório de Saúde Mental e Trabalho, Laboratório de Saúde Mental e Medicina.

2005 – Inauguração do Anfiteatro Sigmund Freud, na sede do DPMP.

2006 – Aprovação do novo Regimento do DPMP, que aumenta o número de representações no Conselho, de forma a incluir os principais serviços e coordenações.

2007 – Início de novo programa para a Residência Médica em Psiquiatria, que, seguindo determinação do Ministério da Educação, passa a ser de três anos obrigatórios.

 

Contato

Departamento de Psicologia Médica e Psiquiatria 
Rua Tessália Vieira de Camargo, 126
Cidade Universitária "Zeferino Vaz"
13083-887 - Campinas - SP - Brasil
Fone 55 (19) 3521.7206   psi@fcm.unicamp.br

 

Administração

Conselho Departamental

Presidente:
Profa. Dra. Eloisa Helena Rubello Valler Celeri
Secretário:
André Luís Alcântara Goulart
Membros Natos:
Prof. Dr. Neury José Botega - Professor Titular
Prof. Dr. Paulo Dalgalarrondo - Professor Titular
Prof. Dr. Egberto Ribeiro Turato - Professor Titular
Prof. Dr. Mário Eduardo Costa Pereira - Professor Associado
Prof. Dr. Cláudio Eduardo Muller Banzato - Professor Associado
Representantes Categorias:
Prof. Dr. Luís Fernando Farah de Tófoli - Docentes Nível MS-3.
Profa. Dra. Renata Cruz Soares de Azevedo - Docentes Nível MS-3.
Dr. Antônio Carvalho de Ávila Jacintho - Profissionais de Apoio ao Ensino e a Pesquisa
Carlos Alberto Fidelis de Araújo - Profissionais de Apoio ao Ensino e a Pesquisa
Bárbara Evelline da Silva Bandeira - Discentes da Residência Médica
Representantes Ensino:
Prof. Dr. Egberto Ribeiro Turato - Graduação
Profa. Dra. Clarissa de Rosalmeida Dantas - Pós-Graduação
Profa. Dra. Ana Maria Galdini Raimundo Oda - Residência Médica

 

Chefe do Departamento

Profa. Dra. Eloisa Helena Rubello Valler Celeri evaller@fcm.unicamp.br

Secretário do Departamento

André Luís Alcântara Goulart  goulart@fcm.unicamp.br