Conheça mais o LaPSuS

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined offset: 1 in drupal_settings_initialize() (line 789 of /site/fcm/includes/bootstrap.inc).

 

Campo Epistemológico

O LaPSuS tem como perspectiva epistemológica o estudo do campo da psicopatologia - e das práticas clínicas a ele relacionadas – quando nele se introduz como vértice teórico e ético principal a questão do sujeito e de sua singularidade.  Trata-se, pois, de interrogar tanto o fenômeno psicopatológico em suas relações com o sujeito que o manifesta, quanto à situação clinica na qual se insere.

Por extensão, o LaPSuS se interessa igualmente pelo exame dos fundamentos metodológicos e epistemológicos das práticas cientificas em psicopatologia, naquilo que estas implicam de maneira explicita ou implícita uma determinada posição teórica e ética relativa ao sujeito, em seus sofrimentos e impasses.

No plano social e politico, os interesses científicos do LaPSuS abrangem o estudo das políticas públicas e institucionais no campo da chamada “saúde mental” naquilo que estas incidem de maneira concreta sobre o sujeito confrontado a sua dimensão psicopatológica.

Objetivos de Pesquisa

Estudar do campo da psicopatologia, em suas vertentes teórica, clinica e politica, a partir da perspectiva da questão do sujeito e de sua singularidade.

Estudo dos conceitos de “sujeito”, de “singularidade” e de “diferença” e suas incidências teóricas e clinicas no campo da psicopatologia.

Estudo da interface entre psiquiatria e psicanálise no tocante à psicopatologia.

Estudo epistemológico e comparativo de diferentes concepções teóricas e metodológicas da psicopatologia, no tocante a suas diferentes posições face ao problema do sujeito e de sua singularidade.

Estudo das diferentes entidades psicopatológicas sob a perspectiva do sujeito, da singularidade e da diferença.

Estudo da concepção, do planejamento, da instalação e do funcionamento de dispositivos públicos de assistência no campo da chamada “saúde mental” quando nele se situa a questão do sujeito como referencia ética e clínica fundamental.

Estudo das transformações históricas das diferentes entidades psicopatológicas do ponto de vista da referencia ao problema do sujeito.

Modalidades de Participação como Membro

Em sua fase inicial, o LaPSuS acolherá, como membros, pesquisadores interessados em participar dos projetos de pesquisa em curso no Laboratório. Os candidatos deverão entrar em contato com o diretor do Laboratório, enviando currículo atualizado e carta de intenções, pelo e-mail: mpereira@fcm.unicamp.br

Estudantes poderão ser recebidos para desenvolver projetos de iniciação científica.

Posteriormente, o LaPSuS poderá acolher projetos de mestrado, doutorado e pós-doutorado, em função das vagas disponíveis.

Projetos de Pesquisa em Curso

1. A psicopatologia à luz da questão do sujeito: incidências no campo da psiquiatria e da saúde mental.

Responsável: Prof. Dr. Mario Eduardo Costa Pereira

Diretor Científico do LaPSuS

Prof. Dr. Mário Eduardo Costa Pereira: psicanalista, psiquiatra. Professor titular de Psicopatologia Clínica e ex-diretor do Laboratoire de Psychopathologie Clinique et Psychanalyse da Aix-Marseille Université (França). Professor Livre-Docente em Psicopatologia do Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Ciencias Médicas da UNICAMP. Diretor do Núcleo de São Paulo do Corpo Freudiano – Escola de Psicanálise. Membro da Associação Universitária de Pesquisas em Psicopatologia Fundamental.

Em sua fase inicial, o LaPSuS acolherá como membros, pesquisadores interessados em participar dos projetos de pesquisa em curso no Laboratório. Os candidatos deverão entrar em contato com o diretor do Laboratório, enviando currículo atualizado e carta de intenções, pelo e-mail: mpereira@fcm.unicamp.br

Estudantes poderão ser recebidos para desenvolver projetos de iniciação científica.

Posteriormente, o LaPSuS poderá acolher projetos de mestrado, doutorado e pós-doutorado, em função das vagas disponíveis.