Seminário LaPSuS 2018

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined offset: 1 in drupal_settings_initialize() (line 789 of /site/fcm/includes/bootstrap.inc).

LaPSuS-UNICAMP convida:

SEMINÁRIOS DO LaPSuS/2018

DO SUJEITO AO PARLETRE:

A QUESTAO DO SUJEITO NO PENSAMENTO DE LACAN

Prof. Dr. Mario Eduardo Costa Pereira

EMENTA – 2018

Os seminários do Laboratório de Psicopatologia: Sujeito e Singularidade, da UNICAMP, têm por objetivo a reelaboração teórica do campo da psicopatologia tendo como orientação e fundamento a concepção psicanalítica de sujeito e suas consequências éticas e clínicas.

Em 2018, trataremos da noção de “sujeito”, tal como desenvolvida no pensamento de Lacan. Examinaremos desde sua crítica da subjetividade decorrendo do cogito cartesiano, passando pelo exame das consequências da obra de Freud sobre esse tema clássico da historia da filosofia, chegando até as modalidades finais da elaboração lacaniana dessa questão, através da criação do neologismo de “parletre” proposto para dar conta da relação intrínseca entre o ser, a linguagem e o gozo do exercício concreto da língua e da vocalização.

Os seminários do LaPSuS são abertos a todos os interessados.

Eles ocorrerão  nas sextas-feiras abaixo indicadas, das 8h30 às 10h, na sala 01, da Legolândia / FCM.

Não é necessário fazer inscrição prévia.

A entrada é franca e as vagas são limitadas.

DATAS DOS SEMINARIOS:

Primeiro semestre: 09/03   23/03   06/04   27/04  11/05   25/05   08/06   29/06

Segundo semestre: 17/08  31/08  14/09  05/10  26/10  09/11  30/11

 

BIBLIOGRAFIA

BIRMAN J., O sujeito na contemporaneidade: espaço dor e desalento na atualidade, Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 2012.

CABAS A. G., O sujeito na psicanálise de Freud a Lacan: da questão do sujeito ao sujeito em questão, Rio de Janeiro, Editora Jorge Zahar, 2009.

FREUD S. (1896), “A hereditariedade na etiologia das neuroses”, In ____ Edição Standard das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud: vol. III, Rio de Janeiro, Imago, 1974.

FREUD S. (1930), “O mal-estar na civilização”, In ____ Edição Standard das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud: vol. XXI, Rio de Janeiro, Imago, 1974.

LACAN J. (1966), “Conferência: O lugar da psicanálise na medicina”: http://pt.scribd.com/…/Lacan-O-Lugar-da-Psicanalise-na-Medi…

LACAN J. (1975), « Yale University, Kanzer Seminar, 24 novembre 1975 », Scilicet 6/7, Paris, Le Seuil, 1975, pp. 7-31.

LIBERA A. de, Arqueologia do Sujeito, São Paulo, FAP-UNIFESP, 2013.

PEREIRA M.E.C., “A crise da psiquiatria centrada no diagnóstico e o futuro da clínica psiquiátrica: psicopatologia, antropologia médica e o sujeito da psicanálise ”, Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 24 (4): 1035-1052, 2014.

PEREIRINHA J. F. D., A problemática do sujeito à luz da teoria de Jacques Lacan, tese de doutoramento, Universidade do Minho – Instituto de Letras e Ciências Humanas, 2009.
http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstr…/…/9754/1/Tese.pdf(consultado em 25 de janeiro de 2018)

RENAUT A., L'Individu, Réflexions sur la philosophie du sujet, Paris, Hatier Scolaire, 1995.

WINOGRAD M., “Disposição e acaso em Freud: uma introdução às noções de equação etiológica, séries complementares e intensidade pulsional no momento”, Natureza Humana, jul.- dez. 2007, 9(2): 299-318.

WINOGRAD M., COIMBRA C.A.Q. & LANDEIRA-FERNANDEZ J., “O que se Traz para a Vida e o que a Vida nos Traz: Uma Análise da Equação Etiológica proposta por Freud à Luz das Neurociências”, Psicologia: Reflexão e Crítica, 2007, 20(2), 414-424.